Rodovia Alcindo Cacela, s/n - Coqueirinho, Salvaterra - PA - CEP 68860-000

Telefone: (91) 99172-7363  / 98141-6841. E-mail: pousadaboto@gmail.com

(91) 99172-7363

98141-6841

Regras Gerais 

BEM VINDOS À POUSADA BOTO!

 

Para sua maior tranquilidade e conforto apresentamos o regulamento da Pousada Boto, com instruções gerais sobre o funcionamento da hospedagem.

 

DO CHECK-IN E CHECK-OUT (ENTRADA E SAÍDA)

 

Art. 1º - De acordo com a Instrução Normativa do Ministério do Turismo  (EMBRATUR) é obrigatório quando da Entrada/Check-In, de um hóspede, o preenchimento completo da FNRH (Ficha Nacional de Registro de Hóspedes) bem como a apresentação de documento original válido com foto.

Art. 2º - Havendo criança e/ou adolescente deverá apresentar um documento original válido da criança e outro que comprove a autoridade do adulto que acompanha (certidão de nascimento, RG ou termo de responsabilidade autorizativo de viagem).

Art. 3º - A diária inicia-se a partir das 14h00 e encerra impreterivelmente as 12h00m do dia seguinte. Após este período, será cobrado valor suplementar.

Art. 4º - Chegada antes das 12h00m e saída efetuada após as 12h00m deverá ser comunicado ao estabelecimento com antecedência e estará sujeita à disponibilidade de vaga e cobrança de diferença de diária.

Art. 5º - Ultrapassado o limite do check out (12h00m), será cobrado o valor de meia-diária contratada, até as 16h00, após este horário uma diária completa contratada.

Art. 6º - A CHAVE do apartamento pode ser entregue na recepção, caso queira, ao ausentar-se da Pousada.

Art. 7º - Na saída (check-out) deve-se entregar a chave, e se for o caso, todos os controles remoto recebidos no ato do check in e o adaptador de tomada, se requerido.

Parágrafo único - A não devolução da chave ou controles acarretará na cobrança (por objeto) de meia diária single. Consultar o valor na recepção.

Art. 8º - Na saída (check-out) será feita vistoria no quarto. Se houver excesso de sujeira (sangue, manchas, gordura, tinta, barro etc.) será cobrada multa no valor de meia-diária. Se houver dano ou extravio de objetos, será somado à diária, o valor do dano causado ou do objeto extraviado.

Art. 9º - Em quartos com uma cama de casal e uma de solteiro, ou duas de solteiro hospedando-se um casal, ou uma pessoa, e vier a usar ou sujar ambas as camas, cobrar-se-á diária contratada correspondente ao uso (quarto triplo ou duplo).

 

DA POLÍTICA DE RESERVAS E CANCELAMENTOS

 

Art. 10 - Todas as reservas serão confirmadas e registradas no sistema informatizado da Pousada, mediante conhecimento do hóspede o qual será alertado a observar as seguintes regras:
 

§ 1º - A pré-reserva ou fila de espera não garante vaga na hospedagem. A confirmação da reserva é feita mediante o pagamento antecipado de 50% do total da hospedagem.

§ 2º - Após a entrada na Pousada, em caso de saída antecipada das diárias contratadas, não haverá devolução do valor pago antecipadamente.

§ 3º - O aviso de cancelamento com mais de 30 dias de antecedência da entrada na Pousada (check-in), garante estorno de 100% do valor pago, a ser reembolsado em até 14 dias.

§ 4º - O aviso de cancelamento com mais de 15 dias de antecedência da entrada na Pousada (check-in), garante estorno de 50% do valor pago, a ser reembolsado em até 14 dias.

§ 5º - O aviso de cancelamento com mais de 7 dias de antecedência da entrada na Pousada (check-in), há estorno de 30% do valor pago, a ser reembolsado em até 14 dias.

§ 6º - O aviso de cancelamento com menos de 7 dias da entrada na Pousada (check-in), não dá direito a estorno. Com o aviso, 30% do valor pago poderão ser utilizados em crédito para produtos ou serviços da Pousada.

§ 7º - O aviso de cancelamento com menos de 24hs ou no show (não comparecimento no dia da chegada), não dá direito a estorno ou crédito.

§ 8º - Em caso de no show (não comparecimento) o apartamento estará disponível para o hóspede até suprir o valor depositado em número de diárias inteiras (se houver sobra esta será retida pelo hotel como forma de indenização), após este período a reserva será cancelada.

§ 9º - Como nosso tarifário muda sazonalmente e em feriados, o ressarcimento é em valor e não em números de diárias.

§ 10 - Em caso de cancelamento de GRUPOS, o valor depositado na confirmação da reserva não será devolvido em dinheiro, mas sim em crédito para hospedagem, desde que a comunicação seja feita até 15 (quinze) dias prévios da data do check-in ressalvados os casos previstos no Código de Defesa do Consumidor. O cliente terá o crédito para hospedagem no valor integral antecipado, desde que escolha uma nova data, no ato do cancelamento, com tarifário semelhante ao contratado.

 § 11 - O aviso de cancelamento do GRUPO, no todo ou em parte, com menos de 15 (quinze) dias prévios da data do check-in não garante direito a nenhuma devolução em crédito para hospedagem, ressalvados os casos previstos no Código de Defesa do Consumidor.

§ 12 - Todo valor em crédito pendente para GRUPOS deverá ser utilizado até 90 (noventa) dias contados da data do cancelamento da reserva.

§ 13 - Havendo desistência parcial dos dias contratados e estando os clientes do grupo dentro do hotel, não será devolvida qualquer diferença do valor previamente pago, seja em dinheiro ou crédito para hospedagem.

 § 14 - As reservas são feitas preferencialmente através de e-mail, ou whatsapp, fazendo-se o registro da solicitação e da oferta de serviços.

 § 15 - O horário de chegada (check in) ou saída (check out) diferente do contratado deverá ser previamente combinado entre o cliente e a Pousada e estará sujeito a vaga.

 

DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Art. 11 - Uma criança de até 07 anos hospedada no mesmo apartamento dos pais ou responsável é cortesia desde que não ocupe outro leito.

Art. 12 - Outras crianças, além da primeira cortesia, serão tarifadas no valor normal de adulto.

Art. 13 - A hospedagem de menores de dezoito anos só poderá ser efetivada mediante apresentação de documentação ou autorização expressa de pais ou responsáveis, sujeito às penalidades da Lei N 8.069, de 13.07.1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Art. 14 - Crianças deverão dormir com fraldas descartáveis para evitar danos nos colchões, nas roupas de cama e de banho dos apartamentos.

Art. 15 - A criança ocupando cama de adulto e vier a “sujar” o colchão, por dormir sem roupa adequada (fralda) ou outro motivo qualquer, será cobrado o valor da higienização e limpeza do colchão, no valor de meia diária single.

 

DOS VALORES DAS DIÁRIAS, TAXAS E OBJETOS EXTRAS.

Art. 16 - Nosso preço está estabelecido de acordo com o período de utilização, a categoria e a quantidade de ocupantes em nossos apartamentos.

Art. 17 - Para permanecer no apartamento, após o término do período contratado, informe-se na recepção sobre a disponibilidade e valores correspondentes ao período.

Art. 18 - A gerência reterá a bagagem do hóspede que não quitar suas contas pendentes ou ultrapassar em mais de uma hora seu check-out  (nos termos do Art. 1.467, §1°, do Código Civil Brasileiro).

Art. 19 - É disponibilizado um enxoval de quarto por hóspede, a serem trocados a cada dois dias, a partir da segunda diária.

Art. 20 – Enxoval extra (toalha, lençol, travesseiro) será cobrada a parte.

Art. 21 – Oferecemos tabela opcional de serviços extras.

 

DO CAFÉ DA MANHÃ

Art. 22 - O café da manhã está incluído no valor da diária, servido exclusivamente no restaurante, de 07h30 às 9h30.

I - Uma vez encerrado o serviço de café da manhã, são encerrados os serviços da cozinha e imediatamente a mesa do self-service é retirada.

Art. 23 - Encerrado o horário, e, se o hospede desejar desfrutar do café da manhã, poderá contratar o café completo, diretamente na recepção, para ser servido no quarto ou em outro ambiente da Pousada (serviço não incluso na diária e sujeito à disponibilidade). Se houver dano, quebra da louça ou sujeira no enxoval de cama e banho, será cobrada multa de meia-diária contratada.

Art. 24 – Não é permitido fazer “lanchinhos” com os produtos do café da manhã oferecido no restaurante, bem como ofertá-los aos pets. Os alimentos retirados serão cobrados à parte.

Art 25 – Para consumir alimentos de outros estabelecimentos nas instalações da Pousada Boto, será cobrada taxa de serviço de fornecimentos de louças e talheres, bem como a limpeza da área utilizada (verificar tabela de valores na recepção).

 

DAS RESPONSABILIDADES SOBRE OBJETOS PESSOAIS E DE VALORES

Art. 26 - Não nos responsabilizamos por objetos ou pertences deixados em áreas comuns da Pousada.

Art. 27 - Solicita-se o fechamento das malas ao sair da suíte.

Art. 28 - Na ausência do hóspede, o apartamento deve permanecer trancado. Enquanto a chave permanecer com o hospede é de inteira responsabilidade do mesmo, inclusive em sua reposição no caso de extravio.

 

DO ESTACIONAMENTO

Art. 29 – Temos vagas rotativas, aberto, externo e gratuito, não coberto por seguro.

Art. 30 - Pede-se a gentileza ao hóspede que mantenha seu veiculo fechado e trancado, não deixando objetos ou valores no interior dos veículos no estacionamento, evitando assim danos, furtos e roubos, bem como, aborrecimentos futuros.

Art. 31 - Qualquer tipo de dano ocorrido ao veículo, como arrombamento, incêndio, atos de vandalismo praticados por terceiros será comunicado a polícia para possível investigação.

Art. 32 - Não é permitida aceleração brusca, som em volume alto ou qualquer outro barulho que venha a perturbar o silêncio e o sossego, sob pena de multa de meia diária contratada.

 

DA ARRUMAÇÃO DOS QUARTOS

Art. 33 - A limpeza e arrumação do apartamento serão feitas diariamente, das 09h às16h. Caso deseje este serviço, sem qualquer cobrança extra, o hóspede deve deixar a chave na recepção e informar o melhor horário para a realização do mesmo.

Art. 34 – As roupas de cama serão trocadas a cada 2 noites dormidas. Para que haja a troca do jogo de toalha (banho e rosto), esta deverá ser deixada no piso do quarto. Pedimos a gentileza de reutilizá-las quantas vezes julgar oportuno, antes de pô-las para lavagem e higienização, numa atitude ecológica, na intenção de diminuir o impacto negativo ao meio ambiente. Não fazemos arrumação dos quartos ou troca de toalhas na diária de saída. Caso necessite, este serviço pode ser contratado a parte, diretamente na recepção.

Art. 35 - Roupas do quarto (lençol, fronha, cobre leito, toalha de rosto ou banho e tapete do banheiro), usados para limpar sapatos, pinturas de cabelos, maquiagem, ou outros fins que danifiquem a peça, ou aumente a sujidade normal de seu uso (marcas de sangue, lama, graxa, óleo, tinta entre outros), será cobrado o valor da peça (verificar tabela de valores na recepção).

Art. 36 - Para manter a qualidade da roupa de cama e banho, bem como móveis e equipamentos, necessitamos cobrar dos hóspedes quando estes forem danificados, manchados ou sujos em excesso.

Art. 37 - Solicita-se o máximo de cuidado com os objetos, roupas de cama/banho, móveis e utensílios de propriedade da Pousada Boto, os quais são destinados aos senhores hóspedes para lhe proporcionar conforto e bem estar. Qualquer dano, destruição, falta ou extravio será debitado na conta do hóspede (consultar tabela de valores na recepção).

Art. 38 - As roupas de banho/cama que não forem encontradas no apartamento na limpeza ou no check-out, será debitado ao hóspede (verificar tabela de valores na recepção).

Art. 39 - Materiais emprestados e/ou alugados de qualquer setor da Pousada (ferro elétrico, louças, ferramentas etc.) deverão ser entregues na recepção, a não devolução até a data de sua saída implicará na cobrança em valores dos mesmos (consultar tabela de valores na recepção).

 

DAS VISITAS

Art. 40 - O visitante deverá preencher a FNRH para o registro, apresentação de documento oficial com foto.

Art. 41 - Para evitar constrangimento, informe na recepção sobre a chegada do visitante.

 

DOS OBJETOS ESQUECIDOS

Art. 42 - Objetos esquecidos ficarão sob a guarda da Pousada pelo prazo máximo de 60 (sessenta) dias da data do check-out. Decorrido o prazo, poderá a Pousada dar-lhes a destinação que melhor lhe convier.

 

DAS PROIBIÇÕES

Art. 43 - É Expressamente Proibido:

I - FUMAR dentro de qualquer das instalações da Pousada Boto (áreas comuns, apartamentos, banheiros, salas, etc.) Lei federal 12.546 de 2011, entrou em vigor em dezembro de 2014.

II - Usar equipamentos sonoros nas áreas comuns da Pousada e estacionamento. Pedimos respeito os outros hóspedes mantendo o silêncio, principalmente entre 22h00m e 08h00m.

III - Acelerar em excesso seu automóvel, causando perturbação do sossego e fumaça.

IV - Estender roupas/toalhas nas sacadas/janelas dos apartamentos, jogar objetos pela janela, no piso dos corredores e estacionamento ou nas instalações sanitárias.

V – Jogar lixo no chão, cigarro etc. Seja educado, mantenha a área comum limpa.

VI – Usar fogareiros, acendedores, fogão portátil e outros equipamentos do gênero na Pousada, exceto na área restrita ao camping. Caso isso ocorra, será confiscado o objeto e devolvido no dia do check-out.

VII - Entrar nos setores restritos a funcionários (lavanderia, cozinha, almoxarifado etc.).

VIII - Levar toalhas dos apartamentos para qualquer atividade fora da Pousada.

IX - Usar roupas de cama/banho, para limpar sapatos, pinturas de cabelos, maquiagem ou outros fins que danifiquem a peça (será cobrado o valor da peça que for utilizada/danificada para esses fins).

X - Circular pela Pousada em trajes menores, roupa de banho, roupa de dormir ou sem camisa.

XI - Portar ou utilizar materiais que possam trazer risco pessoal ou a terceiro.

 

PARA SEU ANIMALZINHO DE ESTIMAÇÃO

Art. 44 - Animais de pequeno e médio porte são bem vindos em nossa pousada, desde que sejam dóceis e não ofereçam riscos aos demais hóspedes e que fiquem sempre acompanhados de seu proprietário.

Art. 45 – Não será cobrada a estadia do animalzinho.

Art. 46 - Podem passear sempre com coleira nas áreas comuns ou na área externa da Pousada.

Art. 47 – É obrigatório o uso de tapete higiênico para o controle de odor e o hóspede proprietário deverá trazer saquinhos para o recolhimento dos dejetos de seu animalzinho.

Art. 48 - Não é permitida a permanência de seu animalzinho no restaurante.

Art. 49 - Não fornecemos comida para ele, lembrando que fica proibido alimentá-los com as comidas feitas pelo restaurante.

Art. 50 - O Hóspede-proprietário deve preservar pelo silêncio de seu animalzinho, pois existem hóspedes vizinhos.

Art. 51 - Seu bichinho de estimação não poderá subir em poltronas, camas, cadeiras e redes, não podem também roer, morder ou arranhar portas, móveis e tapetes, caso venha a ocorrer algum dano, o hóspede-proprietário arcará com o ressarcimento do dano causado.

Art. 52 - O hóspede-proprietário não poderá utilizar equipamentos da Pousada para seu animalzinho como toalha, lençol, cobertor, prato, copo etc.

Art. 53 - Eventuais danos causados pelo animalzinho ao mobiliário a Pousada será cobrado do hóspede-proprietário de forma indenizatória.

Art. 54 - Em caso de alguma destas regras não forem cumpridas, infelizmente, o hóspede proprietário do animal deverá deixar a Pousada.

 

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 55 – A Pousada fica isenta de responsabilidade decorrente de serviços de terceiros, de livre escolha do cliente, como passeios, traslados, refeições e semelhantes.

Art. 56 - A urbanidade, o sossego, a higiene, o silêncio (após as 22h00m) e a boa conduta devem ser mantidos. O descumprimento desde, acarretará multa de uma diária contratada e a saída compulsória, sem prejuízo do valor contrato.

Art. 57 - A mudança de apartamento (upgrade) algumas vezes é possível outras vezes não, dependendo da ocupação da Pousada no momento da solicitação. A impossibilidade de upgrade não gera qualquer tipo de indenização ao hóspede.

 

 

Desejamos uma excelente estadia no Marajó!